Compartilhar:    

Bielorrusso – Sistema de transliteração ISO 9

Língua:
No alfabeto cirílico No alfabeto latino Copiar
Ligações comerciais
аaбbвvгgґдdдждзdzеeёёжžзziìйjкkлlмmнnоoпpрrсsтtуuўǔфfхhцcчčшšыyэèюûяâь

Teclado virtual bielorrusso

O teclado virtual bielorrusso permite que insira caracteres diretamente com o rato. Não há necessidade de ajustar o teclado para digitar o texto num outro alfabeto. A transliteração de cada carácter suportado fica à direita dele. Então pode converter o seu texto de um alfabeto para noutro, dependendo do sistema escolhido para a transliteração.

Sistema de transliteração: ISO 9

A norma internacional ISO 9 estabelece um sistema de transliteração dos caracteres latinos aos caracteres cirílicos que constituem um número de línguas eslavas e alguns que não são delas. Este sistema é unívoco, ou seja, cada carácter é representado por um carácter equivalente (com a ajuda dos sinais diacríticos). Representa a ortografia original e permite a transliteração reversa (retroconversão). As primeiras versões da norma foram baseadas no sistema científico, mas a versão mais recente, a norma ISO:1995, favorece a não-ambigüidade da transliteração à representação fonética.
Bielorrússia aprovou esta norma em 2003 sob o nome GOST 7.79-2.000.

Outros sistemas de transliteração pelo bielorrusso

Os outros sistemas de transliteração atualmente suportados pelo bielorrusso são: ALA-LC, BGN/PCGN, científico e nacional.

Livros sobre o bielorrusso

Parlons biélorussien : langue et cultureParlons biélorussien : langue et culture
por , editora L’Harmattan (1997)
[Amazon.com Amazon.com]

Outras línguas suportadas

As outras línguas suportadas são: abcázio, adiguês, arménio (ocidental), arménio (oriental, clássico), azeri, bashkir, berbere, búlgaro, cherokee, dakelh, georgiano, grego, inguche, inuktitut, japonês, macedónio, russo, sérvio, ucraniano e vai.

 
Este site usa cookies para fins estatísticos e de publicidade. Ao utilizar este site, você aceita o uso de cookies.